ECONOMIA SOLIDÁRIA

Visão do Eixo:

Que Santa Maria e Região sejam referência no fortalecimento de um modelo de organização e sustentabilidade da sociedade, através dos valores e princípios do comércio justo e solidário.

Coordenação do Eixo:

Coordenador: Em breve

Estamos organizando o conteúdo de nosso novo site. Pedimos paciência até todas as informações serem inseridas.

Economia Solidária em Santa Maria:

A Economia Solidária é uma alternativa para gerar trabalho e renda com inclusão social. Utiliza-se de várias práticas econômicas e sociais sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário.

O Município de Santa Maria é referência nacional e internacional em economia solidária. Com mais de 25 anos de atuação, desde a implantação do Projeto Esperança/Cooesperança pela Arquidiocese de Santa Maria, a economia local vem se beneficiando dessa nova forma de gerar trabalho e renda.

Por meio da experiência da Economia Popular Solidária, esse projeto articula e congrega empreendimentos, dos meios urbanos e rurais, para o desenvolvimento sustentável, através dos princípios de associativismo, de trabalho, de solidariedade, de cidadania, de um novo modelo de cooperativismo e da inclusão social.

A economia Solidária depende da organização, articulação e interação de trabalhadores urbanos e rurais, de feiras, fóruns, conselhos, políticas públicas, parcerias e empreendimentos de economia solidária do Brasil e de outros países. Em relação às feiras e aos fóruns, Santa Maria vem sediando regularmente eventos nacionais e internacionais, como a 19ª Feira Estadual do Cooperativismo e a 8ª Feira de Economia Solidária do MERCOSUL (em 2012 e 2013), o 2º Fórum Social Mundial e a 2ª Feira Mundial de Economia Solidária. De acordo com os dados do Projeto Esperança/Coopesperança, promotor dos eventos, 28 países estiveram representados na Feira Mundial e todos os estados brasileiros enviaram representantes, num total de 530 municípios. Mais de mil empreendimentos de Economia Solidária estiveram presentes, oferecendo mais de 10 mil variedades de produtos e serviços, tendo um público aproximadamente de 200 mil pessoas.

Este eixo estratégico foi construído a partir das contribuições dos voluntários do Grupo de Trabalho (GT) de Economia Solidária. A visão, os objetivos e as propostas foram definidos a partir da realização de 11 reuniões, com 172 voluntários, 447 presenças e 29 entidades participantes.

PED 2030

Plano Estratégico de Desenvolvimento para 2030

O PED 2030 é um documento com mais de 100 páginas com propostas para o desenvolvimento sustentável de Santa Maria e região até 2030. Esse documento é o resultado do trabalho realizado pelo movimento Santa Maria Que Queremos, o qual contou com a participação de mais de mil voluntários.

RECEBA AS NOVIDADES
FALE COM A ADESM
comunicacao@adesm.org.br
(55) 3220-0363
Av. Pedro Cezar Saccol, 555, sala 19.
Parque Industrial Tecnológico, Santa Maria - RS.
CEP 97030-440.
  • Facebook da Adesm
  • Instagram da Adesm
  • YouTube - Círculo Branco
  • Linkedin - Adesm